Artigo
Fotos
Vídeos
DOENÇAS
DIETA E NUTRIÇÃO
REMÉDIOS CASEIROS
BELEZA E ESTÉTICA
RECEITAS
DICAS PARA EMAGRECER
Tosse seca persistente: 6 causas e o que fazer
03/01/2023

A principal causa de tosse seca persistente no outono e na primavera é a alergia respiratória ao pólen das flores. Pessoas que moram próximo a fábricas ou ficam expostas à fumaça de cigarro também podem apresentar tosse seca persistente por irritação alérgica. 

Além disso, algumas doenças respiratórias, como a asma e a bronquite, comumente provocam tosse seca acompanhada de outros sintomas, como chiado no peito e dificuldade para respirar. 

Doenças cardíacas também podem fazer com que uma pessoa sofra com tosse persistente, devido ao acúmulo de líquido ao redor dos pulmões. 

Outra causa muito comum de tosse seca persistente é a doença do refluxo gastroesofágico, que além da tosse, causa azia e má digestão. 

Diante disso, vemos que a tosse seca persistente pode ter causas simples ou complexas, que podem exigir uma maior atenção e um acompanhamento médico.

O recomendado é que você procure ajuda médica, se a tosse seca persistir por mais de 1 semana, for acompanhada de catarro espesso ou sangue, e se você tiver febre ou dificuldade para respirar. 

Veja quais são as possíveis causas da tosse seca persistente e o que fazer.

1. Alergia respiratória

A tosse persistente causada por  é mais comum no outono e na primavera, devido à presença de grandes quantidades de pólen das flores no ar. 

A tosse persistente por alergia respiratória pode durar algumas horas e é desencadeada pelos chamados “gatilhos”. O pólen das flores é um gatilho de crise alérgica para muitas pessoas, assim como: 

.Ácaros domiciliares..Pelos de animais domésticos.Variações bruscas de temperatura.Odores intensos de querosene, tinta e verniz, por exemplo.Poluição ambiental.Fumaça de cigarro.Fumaça de lareiras e fornos à lenha. 

A tosse funciona como um reflexo do organismo na tentativa de se livrar da substância gatilho, que está irritando a mucosa do trato respiratório. 

O que fazer

Para prevenir os quadros alérgicos com tosse persistente, é preciso evitar o contato com a substância gatilho que desencadeia a sua alergia. 

Uma vez iniciada a reação alérgica, a recomendação é beber bastante água e tomar um antialérgico prescrito pelo seu médico ou médica. Além disso, ligue um umidificador de ar no ambiente, para diminuir o desconforto da tosse seca que é intensificada pelo ar seco. 

2. Asma e bronquite

A tosse seca persistente faz parte do conjunto de sintomas de duas doenças respiratórias, a asma e a bronquite. 

A asma é uma doença crônica de origem genética ou alérgica, desencadeada por gatilhos ambientais, como mofo, poeira, poluição e fumaça. Geralmente, a tosse seca persistente da asma é acompanhada de chiado no peito (sibilo) e dificuldade para respirar, especialmente à noite. Veja . 

As crises de asma ocorrem quando as vias aéreas ficam inflamadas e há o fechamento ou estreitamento dos brônquios, que são como tubos que levam o ar até os pulmões. . 

Na , os brônquios e bronquíolos também ficam inflamados, assim como ocorre na asma. Porém, normalmente, a bronquite surge de uma infecção viral ou bacteriana. 

A tosse seca na bronquite é acompanhada de expectoração (liberação de muco espesso), sensação de aperto no peito e mal-estar. Dependendo do tipo de bronquite,  ou na forma , os sintomas podem durar dias, semanas ou até meses.  

O que fazer

A crise de asma pode ser controlada com o uso de , que contêm substâncias broncodilatadoras. Esses medicamentos inalatórios abrem os brônquios e facilitam a respiração. Na ausência de crise, a pessoa leva uma vida normal, sem a necessidade de tomar remédios. 

A bronquite aguda se resolve espontaneamente, com a melhora do quadro infeccioso.

Já o tratamento da forma crônica da doença, que geralmente é ocasionada pelo cigarro, visa melhorar a qualidade de vida da pessoa, com anti-inflamatórios e mudanças comportamentais, e retardar a progressão da doença, que acaba por destruir os bronquíolos.

3. Refluxo gastroesofágico

O  também pode causar tosse seca persistente, por causa do retorno do ácido estomacal para o esôfago e para a laringe, irritando até a garganta. 

Além da tosse seca, uma pessoa com refluxo gastroesofágico apresenta azia, queimação e outros sintomas de má digestão após comer uma refeição muito volumosa ou rica em gordura e tempero. 

Bebidas cafeinadas, como o café e o chá mate, e os refrigerantes também podem promover o retorno do conteúdo gástrico para o esôfago. 

O que fazer

Para eliminar a tosse seca persistente causada pelo refluxo gastroesofágico, é preciso tratar essa condição com mudanças na alimentação, reduzindo o consumo de alimentos muito gordurosos, ácidos ou condimentados, e de bebidas cafeinadas e gaseificadas. Veja algumas .

Evite, também, se deitar logo após a refeição, pois isso facilita o refluxo e pode contribuir para a tosse seca persistente. 

Se suspeitar que está com refluxo gastroesofágico, busque ajuda médica para saber se você pode tomar algum medicamento que reduza ou bloqueie a produção de ácido estomacal, e aliviar assim os seus sintomas. 

4. Insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca é um problema que ocorre quando o coração não consegue bombear sangue suficiente para irrigar todos os órgãos e tecidos de forma eficiente. 

Pode ser difícil identificar esse problema cardíaco, pois os sinais e sintomas podem ser sutis, então veja quais são os . 

Como resultado da insuficiência cardíaca, o líquido corporal fica acumulado principalmente nas pernas e ao redor dos pulmões, causando os sintomas típicos da doença, que são o inchaço nas pernas, dor no peito, dificuldade para respirar, cansaço fácil, aumento da frequência de micção (urina) durante a noite e tosse seca persistente.

A insuficiência cardíaca pode se desenvolver como consequência de vários problemas cardíacos, como:

Aterosclerose.Histórico de infarto do miocárdio (ataque cardíaco), . .Problemas nas válvulas cardíacas.Doença cardíaca congênita, ou seja, presente desde o nascimento. .Endocardite..

O que fazer

Se você está se cansando facilmente quando realiza tarefas simples, como andar alguns metros, ou sente que suas pernas estão inchadas e está tossindo com muita frequência, é recomendado que você busque ajuda de um cardiologista.  

Em geral, o tratamento é feito com uma combinação de anti-hipertensivos, anticoagulantes e diuréticos. 

Se o seu problema de insuficiência cardíaca tiver origem no mau funcionamento de alguma válvula, o/a cardiologista pode indicar uma cirurgia de substituição ou reparação da válvula.

Caso a insuficiência cardíaca seja causada por , o/a cardiologista pode inserir um marcapasso no coração, para que ele bata de maneira sincronizada. 

5. Infecções respiratórias

A tosse é um sintoma bastante comum de diversas infecções virais como gripes e COVID-19

Infecções virais, como as gripes comuns, o COVID-19 e os resfriados causam tosse seca persistente, coriza, nariz entupido, febre e mal-estar geral, principalmente nas épocas mais frias do ano. Normalmente, a tosse seca dura de três a quatro dias, nesses casos. 

Doenças infecciosas mais graves, como a  e a , também podem provocar tosse seca persistente. No caso da tuberculose, a tosse tende a ser mais prolongada e durar mais de 4 semanas, além disso a pessoa pode eliminar catarro e sangue junto com a tosse. 

O que fazer

Na presença de tosse seca persistente e mal-estar generalizado, procure atendimento médico, para que seu caso seja avaliado e a infecção viral seja identificada. 

Dependendo da suspeita que o médico ou a médica tiver, baseando-se em seus sintomas, podem ser solicitados alguns exames, como testes rápidos, PCR, raio-X de tórax, entre outros. 

Enquanto o ciclo viral não termina, é importante que você repouse, beba bastante água, tome analgésicos e antitérmicos se for necessário e mantenha o isolamento social, para não contaminar outras pessoas. 

6. Inalação de pequenos objetos

Essa é uma das causas de tosse seca persistente mais comuns entre as crianças pequenas, que podem inserir objetos na boca ou no nariz. A tosse se manifesta como uma reação de defesa do corpo para tentar expulsar o objeto estranho que está preso nas vias aéreas. 

O que fazer

Se seu filho ou filha pequena está com uma tosse seca persistente e não está apresentando nenhum outro sintoma de gripe ou resfriado, procure um pediatra para avaliar as vias aéreas da criança. 

É recomendado que você não tente tirar o objeto por conta própria, mas deixe que o/a pediatra faça isso com os instrumentos apropriados, que não vão machucar a criança. 

Bolsonaro chora durante evento militar e sua esposa Michelle deix...ver mais
12/12/2022
Limpa o pulmão, combate pneumonia, gripe e aumenta a imunidade
12/07/2020
Como identificar 10 Tipos de Picadas de insetos e outros animais peçonhentos
28/12/2022
Entenda por que é errado lavar o arroz antes de cozinhar; NUNCA mais faça isso
19/07/2020
Saiba por que você NUNCA deve mat4r esse inseto se o encontrar em sua casa
12/12/2022
Vacina contra COVID-19 chega ao Brasil - Plantão COVID-19: As boas notícias!
08/07/2020
Como acabar com vermes e depósitos de gordura do corpo com receitas naturais
28/12/2022
China alerta para nova pneumonia mais mortal que a covid-19
10/07/2020
Bebidas caseiras para limpar o fígado e ajudar na perda de peso
12/12/2022
Acaba com Cistos, Pneumonia, Varizes e Aumenta a Imunidade
29/09/2020
Fotos
Artigo
Vídeos