Use cravo-da-índia e mais 3 ingredientes para acabar com os fungos das unhas
28/12/2022

Esses ingredientes são antifúngicos naturais e, por isso, contribuem para o combate aos fungos.

Esses ingredientes são antifúngicos naturais e, por isso, contribuem para o combate aos fungos.

Como os pés (e mãos) ficam muito expostos, ficam mais vulneráveis aos fungos.

Com isso, esses microrganismos podem provocar infecções frequentes nas unhas, no caso, micose.

Quando esse problema ocorre, a unha fica deformada, perde brilho, apresenta listras amarelas, brancas ou mais escuras.

Também ficam grossas, opacas, quebradiças, com resíduos presos embaixo delas, soltas ou elevadas.

Portanto, ao perceber esses sintomas é de extrema importância iniciar o tratamento.

Isso é possível fazer em casa, utilizando álcool, bicarbonato de sódio, cravo-da-índia e vinagre de maçã.

Esses ingredientes são antifúngicos naturais e, por isso, contribuem para o combate aos fungos.

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio possui propriedades antissépticas, antifúngicas e alcalinas.

Por isso, auxilia no tratamento de diversos tipos de infecções, inclusive fungos nas unhas.

Além do mais, também altera o pH da pele, deixando o ambiente menos propício para a proliferação dos fungos.

Cravo-da-índia

O cravo-da-índia é rico em eugenol, um composto fenólico que tem ação antifúngica, antiséptica e antibiótica.

Por isso, é uma excelente opção natural para combater os fungos que causam a micose na unha.

Esse benefício foi constatado em um  estudo coreano realizado pela Universidade de Konyang.

Ainda, de acordo com um  estudo da Universidade do Vale do Paraíba (Univap), o poder  antifúngico do óleo essencial de cravo-da-índia foi eficaz contra a Paracoccidioides brasiliensis. 

Paracoccidioides brasiliensis : é uma micose que  acomete a pele, mucosas, linfonodos e órgãos internos.

Vinagre de maçã

Segundo  estudo da Universidade de Middlesex, do Reino Unido, o vinagre de maçã é rico em propriedades antifúngicas, bactericidas e ácido acético.

Por isso, auxilia no combate aos fungos e bactérias que provocam a micose nas unhas.

Além disso, contém propriedades alcalinas que ajudam a neutralizar o pH da pele.

Dessa forma, previne a proliferação de diversos microrganismos.

Ou seja, quando o ambiente está alcalino eles não conseguem se multiplicar e, também, os fungos e as bactérias não gostam de lugares ácidos.

Como fazer o tratamento

Ingredientes:

1 tampinha de álcool 1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio 10 cravos-da-índia ou 5 gotas de óleo essencial de cravo 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã

Modo de preparo e aplicação:

Coloque o álcool em um copo de vidro (ou em um frasco de vidro), adicione o bicarbonato, os cravos, o vinagre de maçã e misture bem.

Tampe e deixe curtir por 10 a 12 horas –  recomenda-se fazer pela manhã e usar a noite.

Aplicação:

O primeiro passo é preparar a unha para receber o tratamento.

Por isso, lave bem e, na sequência, use um palito ou espátula para remover aquele resíduo por baixo da unha.

Porém, tome cuidado para não cutucar e causar algum ferimento que possa provocar uma infecção e/ou inflamação.

Depois, lixe levemente um pouco a superfície e descarte a lixa usada.

Além disso, não esqueça de esterilizar os materiais usados – no caso do palito de madeira, pode descartar.

Em seguida, umedeça um algodão na solução e aplique sobre a unha afetada.

Repita o tratamento diariamente, até acabar com o fungo e a unha estar completamente recuperada.

AD